Oitenta bombeiros espanhóis chegam hoje a Góis

| País

Oitenta bombeiros espanhóis chegam hoje a Portugal para ajudar no combate ao incêndio de Góis, disse à agência Lusa fonte oficial do Ministério da Administração Interna (MAI).

A mesma fonte adiantou que 40 bombeiros da Galiza chegam a Portugal por via terrestre e outros 40 operacionais de várias regiões espanholas por helicóptero.

Segundo o MAI, os bombeiros da Galiza chegam a Portugal com viaturas próprias e vão ser integrados numa coluna nacional.

A chegada dos 80 bombeiros espanhóis para combater o incêndio de Góis insere-se no acordo bilateral existente entre Portugal e Espanha.

Também ao abrigo deste acordo estão a combater os incêndios da região centro de Portugal, desde domingo, dois aviões `Canadair` e bombeiros espanhóis.

O incêndio em Góis, no distrito de Coimbra, deflagrou pelas 15:00 de sábado e mobiliza 661 bombeiros, 228 viaturas e cinco meios aéreos.

O incêndio que deflagrou no sábado à tarde em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, provocou pelo menos 64 mortos e mais de 150 feridos.

 

 

Tópicos:

Góis, Pedrógão,

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.