Ordem dos Médicos defende ação judicial urgente contra o lar de idosos

por RTP

A Ordem dos Médicos exige uma "ação judicial urgente contra o lar de idosos de Reguengos de Monsaraz, onde já morreram. O bastonário acusa a instituição de incompetência.

Miguel Guimarães diz que não estão a ser respeitados os direitos, as liberdades e as garantias dos utentes.

A Ordem dos Médicos designou uma comissão de inquérito para averiguar o surto no lar.
pub