Ordens e associações da saúde querem um "pacto nacional" e uma agenda para década

| País

Ordens e associações da saúde querem lançar uma agenda para o setor para a próxima década que conte com os contributos da sociedade civil e vão promover uma convenção para "criar um pacto nacional".

A Convenção Nacional da Saúde, que vai decorrer a 7 e 8 de Junho em Lisboa, foi hoje apresentada pelo bastonário da Ordem dos Médicos, acompanhado por outros parceiros do setor que participam na iniciativa.

Miguel Guimarães definiu a convenção como um "largo debate nacional" sobre o presente e o futuro da saúde em Portugal, indicando que pretende contar com os contributos dos cidadãos e da sociedade civil.

Após a convenção, pretende-se definir "um pacto para a saúde", sendo colocado para contributo dos cidadãos um texto que oriente esse entendimento.

O objetivo será depois apresentar um texto final ao Governo, ao Presidente da República e aos decisores políticos.

O bastonário da Ordem dos Médicos recordou que o próprio Presidente da República lançou "há mais de um ano" a ideia de um pacto para a saúde, estando as ordens profissionais e várias associações do setor "a tentar cumprir o repto do Presidente".

A iniciativa pretende também elaborar uma "agenda da saúde para a próxima década", tendo como principal objetivo "garantir o acesso de todos os cidadãos às tecnologias de saúde, incluindo as mais inovadoras, e um nível de financiamento do sistema de saúde adequado às necessidades dos portugueses, garantindo simultaneamente a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde".

Quanto à questão do financiamento, Miguel Guimarães referiu-se ao "subfinanciamento crónico" do setor e lembrou que é necessário um financiamento adequado para a saúde, mas disse não querer "estar a discutir a questão política".

Questionado se acredita num pacto na área da saúde entre PS e PSD ou entre Governo e oposição, o bastonário manifestou a expectativa de que "não seja muito complexo" que os partidos políticos encontrem um entendimento.

No 'site' criado a propósito desta convenção nacional da saúde, a iniciativa é definida como "o maior debate nacional de sempre sobre o presente e o futuro" do setor em Portugal, podendo ter o envolvimento de "todos os parceiros da saúde e de milhares de cidadãos".

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.

    Fãs de Aretha Franklin homenagearam a icónica cantora norte-americana em várias cidades dos Estados Unidos. A rainha da Soul morreu na manhã de quinta-feira na sua casa em Detroit.

      Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

        Há uma nova rota turística pela cidade de Lisboa, baseada em memórias de lisboetas mais antigos. São beneficiários da Associação Mais Proximidade Melhor Vida.