Parlamento marca sessão solene para quarta-feira

| País

A conferência de líderes parlamentares marcou hoje uma sessão solene para quarta-feira para manifestar pesar pelo falecimento das vítimas dos incêndios e apoio aos que combatem os fogos, anunciou o presidente da Assembleia da República.

A sessão solene destina-se a "prestar solidariedade às famílias das vítimas", manifestar "pesar pelos que faleceram" e "apoio àqueles que estiveram e que estão ainda no terreno em combate", anunciou o presidente do parlamento, Eduardo Ferro Rodrigues.

Os autarcas dos concelhos afetados pelos incêndios foram convidados para esta sessão solene, assim como o Governo, que será representado pelo primeiro-ministro, António Costa, e outros membros do executivo.

A sessão solene, marcada para as 15:00 de quarta-feira, terá intervenções de todos os grupos parlamentares, referiu Ferro Rodrigues, em declarações aos jornalistas no parlamento, após a reunião da conferência de líderes.

O BE e o CDS-PP, que tinham previsto interpelações ao Governo para quarta-feira e para quinta-feira retiraram esses agendamentos, que se realizarão em setembro, em ambos os casos, sublinhou Ferro Rodrigues.

 

Tópicos:

Ferro, Pedrógão,

A informação mais vista

+ Em Foco

Houve aldeias ceifadas e vidas destruídas. O medo viveu ao lado de histórias de heroísmo. Contamos as estórias que agora preenchem dezenas de aldeias esquecidas, muitas pintadas a cinza.

    O incêndio de Pedrógão Grande provocou a morte de 64 pessoas e deixou mais de 200 pessoas feridas. Revisitamos os últimos dias com fotografias e imagens aéreas captadas com recurso a um drone.

      É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

      Por que razão não voltou o Homem ao satélite natural da Terra desde a década de 70 do século XX? Uma das explicações pode estar na poeira que cobre a superfície da Lua.