Parte do terreno da Selminho é da Câmara do Porto, diz técnica municipal em tribunal

| País

A técnica da Câmara do Porto que coordena a digitalização do património municipal garantiu hoje em tribunal existirem documentos que provam que é da autarquia, desde 1950, parte do terreno comprado em 2001 pela Selminho a um casal.

"Este processo é de 1950. Tenho aqui os documentos originais. Há uma certidão do tribunal, porque este foi um processo de expropriação", revelou Maria da Conceição Costa, funcionária municipal "há 35 anos", que "em janeiro de 2015" fez a análise do terreno situado na escarpa da Arrábida, com vista à sua georreferenciação digital.

A engenheira, que iniciou em 2012 o processo de inventário de todo o património municipal, falava na segunda sessão do julgamento no Tribunal Judicial da Comarca do Porto para resolver o conflito em torno da propriedade, reclamada pela autarquia e pela Selminho, imobiliária do presidente da Câmara, Rui Moreira, e família.

 

Tópicos:

Conceição, Câa,

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.