Pelo menos 15 feridos em colisão na Via do Infante com autocarro de passageiros

| País

Pelo menos 15 pessoas ficaram feridas no acidente ocorrido hoje na Via do Infante, em Loulé (Algarve) e que envolveu um autocarro de passageiros e uma auto-betoneira, disse à Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

De acordo com a fonte, das 15 vítimas, quatro estavam pelas 09:20 encarceradas no interior do autocarro e duas mulheres tinham já sido transportadas para o Hospital de Faro com ferimentos ligeiros.

O INEM tem no local pelo menos quatro viaturas médicas de emergência e reanimação e uma ambulância de suporte imediato de vida, acrescentou a fonte.

Segundo o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, o autocarro transportava 15 pessoas.

O acidente na Via do Infante, que obrigou ao corte da via no sentido Loulé-Faro, ocorreu antes do Túnel do Areeiro.

Pelas 09:30 estavam no local do acidente 78 operacionais apoiados por 32 veículos.

Os meios de socorro envolvem elementos dos bombeiros de Loulé, Albufeira, Olhão, São Brás de Arportel e São Bartolomeu de Messines, dos voluntários (Cruz Lusa) e sapadores de Faro, da EuroScut, GNR, INEM e Cruz Vermelha Portuguesa.

 

Tópicos:

Areeiro, Bartolomeu, Cruz Vermelha, Faro EuroScut, Infante, Loulé Albufeira Olhão Brás, Socorro CDOS,

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.