Pinhal de Leiria é agora uma foto a preto e cinza

| País
Pinhal de Leiria é agora uma foto a preto e cinza

Foto: Miguel Vidal

Quem por hoje passa pelo Pinhal do Rei, em Leiria, a visão e o cheiro a cinza remete para o destruidor incêndio de meio de outubro.

A população diz estar perante um álbum de fotografias negro e dizem que lhes roubaram a identidade.

Um pouco para minimizar essa perda, esta terça-feira, a Seleção Portuguesa de Futebol volta a prestar homenagem às vítimas dos incêndios.

Um jogo treino, de solidariedade, frente aos Estados Unidos, que visa a preparação para o mundial de futebol do próximo ano.

A receita de bilheteira reverte para as vítimas dos incêndios.

A informação mais vista

+ Em Foco

Entre as 21h00 de domingo e as 8h00 de segunda-feira, o mundo viu uma chuva de Perseidas, espetáculo habitual em agosto. Nos locais mais remotos, foi possível admirar melhor o fenómeno.

    É um desejo antigo do Homem poder tocar as estrelas. Um feito que parece ser agora "quase" alcançável através da missão espacial solar Parker.

      Uma semana depois de as chamas deflagrarem em Monchique, a Proteção Civil deu o incêndio como dominado e em fase de resolução. Portugal volta a ser o país com mais área ardida na Europa.

        A Austrália enfrenta a maior seca de que há memória, afetando agricultores e criação de gado. Observado de cima, o solo assemelha-se a uma peça de arte cheia de cores e texturas.