PJ deteve 56 homens em operação que visou grupo de motociclistas Hells Angels

| País

A Polícia Judiciária deteve hoje 56 homens, quatro deles em flagrante delito, no âmbito de uma operação que visou o grupo de motociclistas Hells Angels em várias zonas do país.

Em conferência de imprensa, o diretor nacional da PJ e a coordenadora da Unidade Nacional de Combate ao Terrorismo explicaram que esta ação estava programada há algum tempo e que estão em causa crimes de tentativa de homicídio, roubo, ofensa à integridade física, associação criminosa, lenocínio e extorsão.

Entre os 56 detidos, estão cinco cidadãos estrangeiros, da Alemanha e da Finlândia, e vários elementos da segurança privada.

Na operação estiveram envolvidos cerca de 400 elementos da PJ.

Tópicos:

Hells Angels,

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.