Polícias do Movimento Zero protestam perante diretor da PSP e ministro

por RTP

Centenas de agentes da PSP voltaram as costas quando o seu diretor discursou no aniversário da força policial e abandonaram o local quando o ministro da Administração Interna começou a falar. Tudo perante o primeiro-ministro.

O protesto policial foi levado a cabo pelo Movimento Zero, criado nas redes sociais na sequência da condenação de oito agentes por agressões a jovens da Cova da Moura.

O diretor da PSP afirmou que têm sido feitos julgamentos levianos na praça pública à polícia e garantiu que a PSP não é uma instituição racista nem xenófoba.