Polícias e militares marcam para maio vigília junto ao Palácio de Belém

| País
Polícias e militares marcam para maio vigília junto ao Palácio de Belém

Foto: Reuters

Uma presença em massa nas comemorações do 25 de abril e uma vigília por tempo indeterminado junto à residência oficial do Presidente da República são as formas de protesto encontradas pelos militares das Forças Armadas e pelas forças e serviços de segurança contra a falta de respostas do governo quanto às progressões nas carreiras.

O anúncio dos protestos foi feito esta terça-feira numa conferência de imprensa pelo presidente da Associação dos Profissionais da Guarda, César Nogueira, na qual este a jornalista Ana Isabel Costa.

A informação mais vista

+ Em Foco

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam.

    Rosa Luxemburgo, "uma das melhores cabeças do socialismo internacional", foi assassinada há 100 anos.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.