Portugueses detidos em Espanha por exploração de compatriotas

| País
Portugueses detidos em Espanha por exploração de compatriotas

A ver: Portugueses detidos em Espanha por exploração de compatriotas

As autoridades espanholas detiveram três portugueses acusados de explorarem outros 40 portugueses. A alegada rede de exploração laboral foi desmantelada pela Guardia Civil em La Rioja.

São acusados de manter em condições de semi-escravatura os outros 40 portugueses para trabalhar naquela região. Os três suspeitos são naturais de Portugal e residentes em La Rioja.

Entre os detidos está o alegado responsável pela rede. Os outros dois eram responsáveis pelo controlo e vigilância dos trabalhadores.

Segundo a Guardia Civil, o cabecilha português aliciava os trabalhadores com a promessa de boa remuneração, essencialmente em trabalhos agrícolas, mas quando chegavam à região sofriam situações de semi-escravatura e más condições de higiene.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, o candidato derrotado nas diretas do PSD diz que o partido deve serenar após o Congresso e admite que vai ser “muito difícil ganhar eleições" no quadro atual.

Nicolás Maduro quer alargar poderes e, para tal, leva a cabo eleições antecipadas. É um "golpe constitucional", na leitura de Filipe Vasconcelos Romão, comentador da Antena 1.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.