Portugueses detidos em Gijón por suspeita de agressão sexual vão aguardar julgamento em liberdade

por RTP

Os dois portugueses detidos em Espanha acusados de agressão sexual saíram em liberdade. Estavam detidos em Gijón desde julho.

Os dois portugueses saíram em liberdade depois as famílias terem pago cinco mil euros de caução. Agora, podem regressar a casa, em Braga, com ordem de afastamento da vítima e o passaporte retirado pelas autoridades espanholas.

Ficam a aguardar julgamento, junto com os outros dois jovens envolvidos neste caso e que não ficaram detidos.
pub