Pressão sobre cuidados intensivos dos hospitais está "bem para além do aceitável"

por RTP

Nelson Pereira, coordenador da Urgência e Medicina Intensiva Hospital S. João, considera que a pressão nos hospitais nacionais está "bem para além do aceitável", tendo em conta os recursos disponíveis. O responsável considera que tem de ser pela redução de contactos é que se pode parar o crescimento de casos e fazer sobreviver o SNS.

Só com uma interrupção artificial de convívio social é que se conseguirá impedir que os cuidados de saúde ultrapassem o nível do "intolerável".
pub