Professora condenada a 19 anos de prisão por matar marido em Abrantes

| País

O Tribunal de Santarém condenou hoje a 19 anos de prisão uma professora acusada de ter matado o marido, também professor, no verão de 2018, em Abrantes.

Na leitura do acórdão, que decorreu hoje de manhã, o coletivo de juízes deu como provado o crime de homicídio qualificado, mas não conseguiu apurar o motivo do crime.

Segundo a acusação do Ministério Público (MP), a mulher, de 43 anos, agrediu o marido na noite de 16 de agosto de 2018, em casa, primeiro com um martelo e depois com uma faca, desferindo pelo menos sete pancadas e 79 golpes, que lhe provocaram múltiplas lesões e levaram à sua morte.

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

    Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.