"Qualidade do ar pode diminuir nos próximos dois dias", alerta DGS

| País
Qualidade do ar pode diminuir nos próximos dois dias, alerta DGS

Foto: Reuters

A Direção Geral de Saúde alerta para a fraca qualidade do ar, nos próximos dois dias, devendo ser evitada exposições prolongadas ao ar livre.

As causas mais diretas são altas temperaturas registadas, ausência de vento e os vários incêndios, em certas zonas de Portugal.

A DGS não aconselha a prática de desportos ao ar livre onde os índices de poluição são elevados.

Esta recomendação deve ser acatada em especial pelos chamados grupos de risco, mas também pela população em geral tendo em conta as condições atmosféricas.

Veja aqui os indices da qualidade do ar.

Para além da má qualidade do ar, também o Instituto do Mar e da Atmosfera avisa para uma concentração de poeiras vindas do Norte de África que entrará durante o dia de hoje em Portugal continental,

Segundo um relatório europeu a má qualidade do ar provocou a morte prematura a 6600 pessoas em 2015.

A informação mais vista

+ Em Foco

O novo líder do PSD promete dialogar com todos os partidos nesta legislatura, mas tem consciência de que dois anos é pouco tempo para apresentar todas as propostas que defende.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Foram sinalizados casos de mutilação genital numa escola da Baixa da Banheira. Uma associação trabalha com turmas. Ainda há rapazes que defendem a "submissão" como "saudável".

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.