"Qualidade do ar pode diminuir nos próximos dois dias", alerta DGS

| País
Qualidade do ar pode diminuir nos próximos dois dias, alerta DGS

Foto: Reuters

A Direção Geral de Saúde alerta para a fraca qualidade do ar, nos próximos dois dias, devendo ser evitada exposições prolongadas ao ar livre.

As causas mais diretas são altas temperaturas registadas, ausência de vento e os vários incêndios, em certas zonas de Portugal.

A DGS não aconselha a prática de desportos ao ar livre onde os índices de poluição são elevados.

Esta recomendação deve ser acatada em especial pelos chamados grupos de risco, mas também pela população em geral tendo em conta as condições atmosféricas.

Veja aqui os indices da qualidade do ar.

Para além da má qualidade do ar, também o Instituto do Mar e da Atmosfera avisa para uma concentração de poeiras vindas do Norte de África que entrará durante o dia de hoje em Portugal continental,

Segundo um relatório europeu a má qualidade do ar provocou a morte prematura a 6600 pessoas em 2015.

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.