"Qualidade do ar pode diminuir nos próximos dois dias", alerta DGS

| País
Qualidade do ar pode diminuir nos próximos dois dias, alerta DGS

Foto: Reuters

A Direção Geral de Saúde alerta para a fraca qualidade do ar, nos próximos dois dias, devendo ser evitada exposições prolongadas ao ar livre.

As causas mais diretas são altas temperaturas registadas, ausência de vento e os vários incêndios, em certas zonas de Portugal.

A DGS não aconselha a prática de desportos ao ar livre onde os índices de poluição são elevados.

Esta recomendação deve ser acatada em especial pelos chamados grupos de risco, mas também pela população em geral tendo em conta as condições atmosféricas.

Veja aqui os indices da qualidade do ar.

Para além da má qualidade do ar, também o Instituto do Mar e da Atmosfera avisa para uma concentração de poeiras vindas do Norte de África que entrará durante o dia de hoje em Portugal continental,

Segundo um relatório europeu a má qualidade do ar provocou a morte prematura a 6600 pessoas em 2015.

A informação mais vista

+ Em Foco

Os dados do sistema de Informação de Fogos Florestais da União Europeia (EFFIS) indicam que só entre os dias 14 e 15 de outubro arderam em Portugal continental cerca de 200 mil hectares.

    Acionar o artigo 155 da Constituição espanhola representa um momento único na História de Espanha. O Governo de Madrid já definiu os setores que quer controlar de imediato.

    Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

      Mário Centeno também deixou no ar a ideia de que, na discussão da especialidade do OE2018, seja posto um ponto final nos cortes do subsídio de desemprego.