Quase 200 bombeiros combatem chamas na Sertã

| País

Quase 200 bombeiros, apoiados por oito meios aéreos, estão a combater um incêndio florestal na Sertã, distrito de Castelo Branco, que eclodiu às 14:10 de hoje, segundo a página na Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco disse à Lusa que as chamas estão a lavrar numa zona de pinhal, não adiantando mais pormenores, nomeadamente se há povoações em perigo.

"O incêndio está no início, estamos a mobilizar meios", indicou.

De acordo com a página da ANPC, o incêndio está a lavrar junto à localidade de Figueiredo, situada numa zona florestal perto da estrada que liga o município da Sertã a Oleiros, ambos no distrito de Castelo Branco.

No local, a combater as chamas, às 15:10 de hoje, estavam 194 operacionais, apoiados por 48 viaturas e oito meios aéreos.

Tópicos:

Incêndios, Proteção, Sertã,

A informação mais vista

+ Em Foco

A 15 de outubro de 2017, uma vaga de incêndios fez 50 mortos e dezenas de feridos. Reunimos aqui um conjunto de reportagens elaboradas um ano depois da catástrofe.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

        O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.