Reestruturação. Presidente do Santander Totta fala em quadro do banco "envelhecido"

por Antena 1

Pedro A. Pina /RTP

O presidente do Santander Totta, Pedro Castro e Almeida, assegura que a reestruturação do banco não está a ser feita contra os trabalhadores.

Pedro Castro e Almeida adianta que grande parte do atual quadro do banco não tem a formação tecnológica necessária para enfrentar os atuais desafios digitais e está envelhecido.

Pedro Castro e Almeida, presidente do Santander, está a ser ouvido esta tarde na comissão de Trabalho da Assembleia da República.

O Santander prevê prescindir de 1400 trabalhadores até ao final do ano. Mais de 700 trabalhadores chegaram a acordo para saídas voluntárias, reformas e pré-reformas.
pub