Representantes sindicais da PSP e GNR reuniram esta manhã no MAI

por Antena 1

Foto: António Antunes - RTP

As estruturas que representam os profissionais da PSP e da GNR estiveram esta manhã reunidos no Ministério da Administração Interna para negociar a atribuição do subsídio de risco.

O valor definido pelo Governo é de 100 euros. Sem margem para mais negociações.

Uma proposta que fica muito aquém das expectativas, como explica o presidente da associação sindical dos profissionais da polícia, Paulo Santos.

Ouvido pela Antena 1, o presidente da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia garante que vai continuar a trabalhar junto dos grupos parlamentares para que nas negociações do Orçamento do Estado para o próximo ano seja possível alterar a proposta apresentada pelo Governo.
E garante que nas próximas semanas vão avançar com formas de luta.
pub