Reservas em baixo. Autoridades apelam à dádiva imediata de sangue

por Antena 1

DR

É um apelo deixado esta tarde pelo Instituto Português do Sangue e da Transplantação a todos os potenciais dadores.

O Instituto recorda que este é um momento particularmente exigente para a manutenção das reservas em níveis estáveis.

A evolução da pandemia de covid-19 e o elevado número de contágios e isolamentos nas últimas semanas estão a causar dificuldades acrescidas.

As habituais infeções respiratórias nesta altura do ano também têm contribuído para uma redução do afluxo de pessoas candidatas à dádiva de sangue. Algumas sessões de colheita foram adiadas.

O Instituto sublinha que é muito importante o reforço imediato das dádivas de sangue para dar resposta às necessidades de muitos doentes.

O momento da pandemia com muitos casos  tem impedido e adiado colheitas, como adianta a presidente do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, Maria Antónia Escoval.
pub