Retrato socioeconómico dos Açores é deficitário face ao Continente

por Antena 1

Reuters

Estamos exactamente a um mês, das eleições regionais dos Açores. E o Governo regional anuncia a atribuição de um prémio de desempenho a vários trabalhadores.

Profissionais de saúde, bombeiros e funcionários da administração pública do Serviço Nacional de Saúde açoriano, vão ter direito a um bónus de 50 por cento do ordenado, assim como mais dias de férias, em função das horas trabalhadas durante o período de calamidade, que fundamentou a declaração do estado de emergência.

Um prémio que não vai certamente anular as diferenças socioeconómicas existentes entre insulares e continentais, onde dez em cada 100 açorianos vive com o Rendimento Social de Inserção.

Quanto à campanha eleitoral, pode vir a ser limitada, devido à pandemia de Covid 19.

Nas últimas eleições, em 2016, três em cada cinco açorianos abstiveram-se.

Dados que constam no portal estatístico Pordata e que a jornalista Isabel cunha andou a investigar.
pub