Risco de pobreza de famílias com crianças subiu para 22,2%

por Carolina Freitas/Helena Figueira/Pedro Boa-Alma/Osvaldo Costa Simões

As crianças e as famílias com filhos são dos grupos mais afectados pela falta de condições de vida. A taxa de risco de pobreza para as famílias com crianças dependentes subiu de 20,5 para 22,2 por cento. Isto significa que uma em cada quatro crianças não pode, por exemplo, fazer atividades extra-curriculares ou brincar de forma regular.