Sindicato e Federação dos Médicos vão reunir e endurecer luta contra Governo

| País
Sindicato e Federação dos Médicos vão reunir e endurecer luta contra Governo

Foto: Reuters

Os médicos voltam a apontar o dedo ao Governo no que diz respeito ao tempo de serviço para o descongelamento das carreiras.

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) acusa o Ministério da Saúde de fazer propaganda sobre um descongelamento de carreiras que, de facto, dizem que não vai acontecer.

Roque da Cunha, do SIM, diz que dia 23, em conjunto com a Federação Nacional dos Médicos (FNAM), vão decidir novas formas de luta mais duras.

Exigem que o Ministro da Saúde defenda os profissionais do Serviço Nacional e Saúde e os respeite.

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.