Situação nos hospitais não vai melhorar

| País
Situação nos hospitais não vai melhorar

Foto: RTP

O presidente da Associação dos Administradores Hospitalares duvida do regresso à normalidade do funcionamento dos hospitais, em setembro. O alerta é deixado por Alexandre Lourenço, em declarações ao programa da Antena1 Conversa Capital.

As 2000 contratações feitas este mês para compensar as alterações das 40 para as 35 horas "não chegam e não vêm acompanhadas do respetivo reforço orçamental" para os hospitais. Assim sendo, segundo o presidente da Associação dos Administradores Hospitalares, não será possível suster os tempos de espera para cirurgias, consultas e meios complementares de diagnóstico, nem tão pouco a dívida a fornecedores.

Adianta Alexandre Lourenço que se não forem feitas mais contratações nem reforçado o orçamento para pagar as novas contratações, os hospitais vão continuar a acumular dívidas e atrasos na prestação de cuidados de saúde.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

O economista guineense Carlos Lopes considera que a Europa tem discutido as migrações e outras questões africanas, sem consultar os africanos.

    A revelação foi feita durante uma entrevista exclusiva à RTP à margem da cimeira de CPLP, que decorreu esta semana em Cabo Verde.

    Em entrevista à RTP, Graça Machel revela que o grande segredo de Nelson Mandela era fazer sentir a cada pessoa com quem falava que era a mais importante.

    Apesar da legislação contra estas situações, os Estados Unidos são dos países que mais importam produtos em risco de serem produzidos através de trabalhos forçados.