Surto de Évora. Proprietária do lar de idosos diz que aguardava licenciamento

por RTP

A assistência aos idosos infetados é neste momento a prioridade das autoridades envolvidas na questão do surto de Évora, ficando para depois a questão das condições em que funciona o lar ilegal.

No lar permanecem os idosos que não tiveram de ser internados, aguardando que se organize um hospital de campanha que possa recebê-los.
pub