Taxar as renováveis é sinal errado para investidores

| País
Taxar as renováveis é sinal errado para investidores

O presidente da Associação Portuguesa das Energias Renováveis considera um erro taxar as energias limpas e acusa o Governo de não respeitar os acordos feitos com as empresas deste sector. O PCP garante que entre as medidas já negociadas com o Governo para o próximo Orçamento do Estado está uma redução da fatura da eletricidade, que será compensada com o alargamento da contribuição extraordinária sobre o sector da energia às energias renováveis, que passam também a pagar esta taxa.

António Sá da Costa diz que esta alteração fiscal vai afastar investidores e condenar alguns projetos de pequenas e médias empresas nacionais.

As energias renováveis estavam até agora isentas da CESE, a contribuição extraordinária sobre o setor da energia.

A informação mais vista

+ Em Foco

Entre 1999 e 2002 nasceram três novos bairros. Passadas duas décadas, muitos residentes dizem-se abandonados.

Entrevista da correspondente da RTP em França, Rosário Salgueiro.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.