Urgências. Hospitais da Grande Lisboa enfrentam efeitos de elevada afluência

por RTP
o Hospital de Santa Maria registou, no sábado, um aumento de 30 por cento na afluência às urgências Pedro A. Pina - RTP

As urgências hospitalares da Grande Lisboa viveram um fim de semana complicado e, ao amanhecer desta segunda-feira, a situação ainda não estava ultrapassada.

No Hospital de Setúbal, as urgências estiveram fechadas a ambulâncias entre as 9h45 e as 20h00 de domingo.

Na noite de sábado, o Garcia de Orta, em Almada, e o Beatriz Ângelo, em Loures, estiveram sem INEM.Os tempos de espera continuam a ultrapassar o recomendado.


O Hospital Garcia de Orta esteve, durante a última noite, a desviar doentes não urgentes para outras unidades hospitalares. A instituição alega que não foi possível receber pessoas nestas condições, fora da área, por causa da grande afluência às urgências.

A situação começou, uma vez mais, a complicar-se às 12h00 de domingo, com os doentes a serem reencaminhados. Espera-se que comece a melhorar durante a manhã desta segunda-feira.
Rosa Azevedo - Antena 1

O Hospital de Abrantes também esteve a encaminhar doentes para outros hospitais. Ao que a RTP apurou, as urgências nunca estiveram encerradas, mas mostraram-se sobrecarregadas.

Houve utentes à espera para serem vistos desde a tarde de domingo. O hospital decidiu reencaminhar doentes para outros hospitais do Médio Tejo, como Tomar e Torres Novas.O Centro de Orientação de Doentes Urgentes estará a encaminhar doentes para Lisboa.


Por sua vez, o Hospital de Santa Maria registou, no sábado, um aumento de 30 por cento na afluência às urgências. Em comunicado, a administração informa que houve mais 150 doentes do que no mesmo dia da semana passada.

O Santa Maria diz que este aumento também está relacionado com o facto de o hospital ter de dar resposta a utentes de outras unidades, onde as urgências estiveram encerradas.

De acordo com o site do Serviço Nacional de Saúde, em Santa Maria o tempo de espera para ser atendido nas urgências já ultrapassa as 11 horas.
pub