Vacinação de adolescentes. PR diz que pais mantêm liberdade de escolha

por RTP

O Presidente da República diz que os pais de adolescentes entre os 12 e os 15 anos podem escolher dar a vacina aos filhos.

Marcelo Rebelo de Sousa adianta que a não recomendação da Direção-Geral da Saúde à vacinação universal não passa disso mesmo: de uma recomendação.

Já os pediatras afirmam que é uma norma e que por isso estão de mãos atadas.
pub