Vítimas mortais de acidente em Mira são menores de idade

| País

As duas vítimas mortais do acidente que provocou ainda 10 feridos, um em estado grave, em Mira, distrito de Coimbra, são menores de idade, disse fonte da GNR.

Fonte do comando territorial de Coimbra da GNR disse desconhecer, nesta altura, as idades dos dois mortos, afirmando apenas que "são menores", mas fonte da autarquia local disse à Lusa que se trata de um menino e de uma menina, embora sem adiantar as suas idades.

O acidente, cujo alerta foi dado às 10:20 de hoje, ocorreu na variante que liga as localidades de Mira e Praia de Mira, no litoral norte do distrito de Coimbra, envolveu três viaturas ligeiras e resultou em dois mortos e oito feridos, um em estado grave, divulgou o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

Já de acordo com a fonte da Câmara Municipal, os oito feridos, "todos adultos, não são de Mira" e pertencem a duas famílias das zonas Centro e Norte do país.

O acidente, de acordo com a mesma fonte, decorreu de uma colisão frontal entre duas viaturas "numa zona entre duas rotundas, com muito bom piso, uma reta com muita visibilidade".

A terceira viatura envolvida despistou-se e capotou fora da estrada.

No local, nas operações de socorro, estão 44 operacionais apoiados por 17 viaturas e um meio aéreo.

Tópicos:

Câa, Mira Praia,

A informação mais vista

+ Em Foco

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

    Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

      O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.

        Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.