Chega acusa PSD e IL de falta de coragem para acompanhar moção de censura

por Lusa

O líder parlamentar do Chega acusou hoje o PSD e a Iniciativa Liberal de falta de coragem para votarem a favor da moção de censura ao Governo e considerou que o seu partido é "o único" faz oposição.

No encerramento do debate em torno da moção de censura ao Governo de António Costa apresentada pelo Chega, Pedro Pinto apontou que o facto de o proponente ter ficado sozinho no voto favorável a esta iniciativa mostra um "parlamento unido contra o único partido que faz oposição em Portugal".

O deputado defendeu que o "Governo merece ser censurado, mas PSD e IL parecem não ter coragem para o fazer".

pub