Costa defende que Portugal tem de continuar a "pedalar" para crescer

| Política
Costa defende que Portugal tem de continuar a pedalar para crescer

Foto: Paulo Cunha - Lusa

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu hoje que Portugal tem de continuar a "pedalar" para continuar a crescer, durante a cerimónia de apresentação do Pacto Territorial para o Emprego e Desenvolvimento.

"A economia é como as bicicletas ou se pedala ou para. Por isso, temos de continuar a pedalar para poder continuar a crescer e a poder continuar a criar emprego. E o futuro da nossa economia é muito claro: precisamos de melhorar a competitividade da nossa economia e das nossas empresas para ter mais e melhor emprego", sustentou o chefe do Governo.

António Costa, que falava na Marinha Grande, considerou a assinatura do PTE-D 2030 - Pacto Territorial para o Emprego e Desenvolvimento da Marinha Grande "exemplar daquilo que o país precisa para o seu desenvolvimento".

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.