Costa defende que Portugal tem de continuar a "pedalar" para crescer

| Política
Costa defende que Portugal tem de continuar a pedalar para crescer

Foto: Paulo Cunha - Lusa

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu hoje que Portugal tem de continuar a "pedalar" para continuar a crescer, durante a cerimónia de apresentação do Pacto Territorial para o Emprego e Desenvolvimento.

"A economia é como as bicicletas ou se pedala ou para. Por isso, temos de continuar a pedalar para poder continuar a crescer e a poder continuar a criar emprego. E o futuro da nossa economia é muito claro: precisamos de melhorar a competitividade da nossa economia e das nossas empresas para ter mais e melhor emprego", sustentou o chefe do Governo.

António Costa, que falava na Marinha Grande, considerou a assinatura do PTE-D 2030 - Pacto Territorial para o Emprego e Desenvolvimento da Marinha Grande "exemplar daquilo que o país precisa para o seu desenvolvimento".

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, garantiu que enquanto tiver confiança do primeiro-ministro não vai sair do Executivo.

Jorge Paiva, botânico e professor, um dos maiores peritos da floresta, critica em entrevista à Antena 1 o desinteresse generalizado dos políticos pelos problemas da floresta.

É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.