Costa defende que Portugal tem de continuar a "pedalar" para crescer

| Política
Costa defende que Portugal tem de continuar a pedalar para crescer

Foto: Paulo Cunha - Lusa

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu hoje que Portugal tem de continuar a "pedalar" para continuar a crescer, durante a cerimónia de apresentação do Pacto Territorial para o Emprego e Desenvolvimento.

"A economia é como as bicicletas ou se pedala ou para. Por isso, temos de continuar a pedalar para poder continuar a crescer e a poder continuar a criar emprego. E o futuro da nossa economia é muito claro: precisamos de melhorar a competitividade da nossa economia e das nossas empresas para ter mais e melhor emprego", sustentou o chefe do Governo.

António Costa, que falava na Marinha Grande, considerou a assinatura do PTE-D 2030 - Pacto Territorial para o Emprego e Desenvolvimento da Marinha Grande "exemplar daquilo que o país precisa para o seu desenvolvimento".

A informação mais vista

+ Em Foco

Os dados do sistema de Informação de Fogos Florestais da União Europeia (EFFIS) indicam que só entre os dias 14 e 15 de outubro arderam em Portugal continental cerca de 200 mil hectares.

    Filipe Vasconcelos Romão, comentador de assuntos internacionais, refere que o artigo 155 da Constituição Espanhola será aplicado sem que haja qualquer lei de enquadramento.

    Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

      Em entrevista à Antena1 e ao Jornal de Negócios, o ministro do Trabalho e da Segurança Social considera que a apresentação da moção de censura não vai trazer mudanças significativas.