Eleições antecipadas "seria mau para todos", diz Silva Peneda

| Política

|

Entrevistado pelo programa da Antena1 "Conversa Capital", Silva Peneda afirma não ver vantagens "para ninguém" numa eventual antecipação das eleições legislativas.

José Silva Peneda não vêquaisquer benefícios num suposto cenário de eleições legislativas antecipadas. "Seria mau para todos, uma grande confusão", sublinha, ao mesmo tempo que confessa não acreditar em ruturas no apoio da esquerda parlamentar ao Governo na discussão sobre o Orçamento do Estado para 2019. Isto apesar das críticas lançadas esta semana pelo o Bloco de Esquerda e pelo PCP à revisão em baixa do défice de 2018.


Entrevistado pela Antena1 e pelo Jornal de Negócios, o economista social-democrata chamado por Rui Rio para integrar o Conselho Estratégico (governo-sombra) recentemente constituído, considera que o novo presidente do PSD vai conseguir afirmar o seu estilo de liderança e tornar possível uma vitória nas eleições europeias. Já quanto às legislativas, o PSD, "para vencer, tem de reconquistar a classe média". Caso contrário, "dificilmente pode ganhar as eleições".

A informação mais vista

+ Em Foco

A primeira-ministro britânica descarta um segundo referendo, por considerar que não vai solucionar a encruzilhada que o Reino Unido enfrenta.

Segundo um relatório da Amnistia Internacional, o número de mulheres vítimas de violência doméstica em Portugal continua elevado.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      O processo de degelo na Gronelândia acelerou substancialmente nas últimas décadas. Os investigadores alertam para o perigo da subida do nível da água do mar.