Europeias. CDU ataca figuras do PS e PSD

| Eleições Europeias 2019
Europeias. CDU ataca figuras do PS e PSD

Foto de João Relvas-Lusa

A CDU esteve em Alpiarça e voltou a ter a presença de Jerónimo de Sousa.

O discurso mais forte foi do candidato João Ferreira que teve como alvo os altos cargos económicos de duas figuras do PSD e o contrato social do PS, como conta o jornalista João Torgal.

O cabeça de lista europeu da CDU criticou quarta-feira os "embrulhos bonitos" de PS e da União Europeia (UE) com "conteúdo amargo" ou "armadilhados", em diversas áreas, e recolheu elogios do secretário-geral do PCP.

"Estamos todos fartos de ver como durões barrosos e marias luísas albuquerques deste mundo circulam alegremente entre cargos políticos e os negócios, as administrações financeiras. Também aqui tem havido alguns bonitos embrulhos bem armadilhados. Um deles é aquilo a que a UE chamou pomposamente a união bancária. Diziam que ia servir para responsabilizar os bancos e fazer com que não tivessem de ser os contribuintes a pagar os desmandos. Está hoje demonstrado, era falso, camaradas", condenou João Ferreira.


A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

    Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.