Líder do PS/Açores anuncia medidas para jovens, famílias e idosos

| Política

O líder do PS/Açores, Vasco Cordeiro, anunciou hoje a criação de medidas para ajudar os jovens a encontrar emprego, os pais que querem conciliar o trabalho com a vida familiar e os idosos que necessitam de cuidados ao domicílio.

"O Partido Socialista dos Açores está pronto e responde `presente` ainda mais motivado, ainda mais empenhado, ainda mais determinado em, pelos Açores e com os açorianos, vencer os desafios que estão pela nossa frente", adiantou.

O líder regional socialista, que é presidente do Governo Regional dos Açores desde 2012, falava no encerramento do XVII Congresso Regional do PS/Açores, que decorreu na Praia da Vitória, na ilha Terceira.

Entre outras medidas, Vasco Cordeiro anunciou a criação de um programa de apoio aos jovens universitários, para ajudá-los a criar a sua própria empresa, fomentando o empreendedorismo.

"Esta medida que agora vos anuncio de criação de um programa de apoio a jovens universitários [abrange] as fases da ideia de negócio, do plano de negócio, de criação da empresa e de acompanhamento personalizado da sua atividade durante os primeiros anos de atividade", avançou.

Aos jovens até aos 29 anos, com a escolaridade obrigatória e desempregados há mais de três meses, será dada, segundo o líder regional socialista, "oportunidade de ter uma formação em contexto de trabalho nos setores estratégicos para a região", sendo o objetivo final a sua "integração profissional nestes setores".

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.