Miguel Albuquerque abre portas a acordo com CDS

por RTP

O PSD, clama Miguel Albuquerque, pouco depois do discurso de Paulo Cafôfo, "constituirá governo num quadro de estabilidade parlamentar". O dirigente dos social-democratas da Madeira deu por derrotados "o Partido Socialista e a extrema-esquerda".

Questionado sobre a possibilidade de selar um acordo pós-eleitoral com o CDS-PP, Albuquerque confirma que deverá ser constituído um Governo Regional de coligação: "Com certeza que será um entendimento no quadro de uma negociação que irá acontecer".

"A esquerda foi, de forma clamorosa, derrotada aqui na Madeira", enfatiza.