Ministro da Administração Interna não vê incoerência nas exceções anunciadas

por Antena 1

Foto: Lusa

O ministro da Administração Interna não vê incoerência por parte do Governo nas exceções anunciadas às restrições de circulação entre concelhos no próximo fim-de-semana.

Para minimizar os riscos de contágio, o Governo proibiu viagens para outros municípios, exceto para quem trabalha ou estuda.

Se a deslocação for entre concelhos da mesma área metropolitana não é necessária uma declaração da entidade patronal, basta a palavra do cidadão.

Também estão autorizadas outras deslocações, por exemplo para assistir a espetáculos. Para isso basta mostrar o bilhete.

O ministro da Administração Interna revelou ainda que as fronteiras terrestres com Espanha não vão ser fechadas durante o próximo fim-de-semana.

Devido às restrições anunciadas, a rede expressos faz saber que vai suspender o transporte de passageiros nestes dias para respeitar a resolução tomada pelo Conselho de Ministros.

Em comunicado, a empresa esclarece que os passageiros que compraram bilhetes para estes dias podem ser reembolsados ou revalidá-los sem custos.
pub