Presidente da República recebe hoje comunidades religiosas

| Política

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai receber hoje de manhã, em Lisboa, representantes de comunidades religiosas que estão contra a eutanásia.

De acordo com a agenda oficial do Palácio de Belém, o Presidente da República recebe às 11:00 representantes das "comunidades religiosas contra a eutanásia": católicos, evangélicos, judeus, muçulmanos, hindus, ortodoxos, budistas e adventistas.

No mesmo contexto, Marcelo Rebelo de Sousa, vai receber às 17:00, no Palácio de Belém, Júlio Meirinhos, Grão-Mestre da Grande Loja / Regular de Portugal (GLRP) e Isabel Corker, Grã-Mestre da Grande Loja Feminina de Portugal.

Quatros projetos de lei para despenalizar e regular a morte medicamente assistida em Portugal vão ser debatidos e votados, na generalidade, em 29 de maio na Assembleia da República.

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) foi o primeiro a apresentar um projeto, ainda em 2017, seguido pelo BE, pelo PS e o Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV).

Todos os diplomas preveem que só podem pedir, através de um médico, a morte medicamente assistida pessoas maiores de 18 anos, sem problemas ou doenças mentais, em situação de sofrimento e com doença incurável, sendo necessário confirmar várias vezes essa vontade.

Na quarta-feira, o Presidente da República recebeu o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães.

À saída do encontro, o atual bastonário da Ordem dos Médicos, e cinco antigos detentores do cargo afirmaram que manifestaram a Marcelo Rebelo de Sousa reprovação quanto à legalização da eutanásia, considerando que a sociedade civil não está preparada para se pronunciar sobre a matéria.

O Presidente da República evitou pronunciar-se sobre a audiência que concedeu na quarta-feira mas sublinhou que vai receber e todos aqueles que peçam uma audiência.

Tópicos:

Anis, Belém,

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.

    Fãs de Aretha Franklin homenagearam a icónica cantora norte-americana em várias cidades dos Estados Unidos. A rainha da Soul morreu na manhã de quinta-feira na sua casa em Detroit.

      Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

        Há uma nova rota turística pela cidade de Lisboa, baseada em memórias de lisboetas mais antigos. São beneficiários da Associação Mais Proximidade Melhor Vida.