Problemas financeiros no Hospital das Forças Armadas podem ficar resolvidos ainda hoje

por Antena 1

EPA

O ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, admite entraves nas autorizações de desbloqueamento das verbas financeiras para o Hospital Militar, em Lisboa. No entanto o ministro garante que é uma questão de tempo até a situação ficar normalizada.

A unidade hospitalar militar, de acordo com uma notícia na imprensa desta manhã, dá conta que esta não tem verbas para pagar medicamentos, nem mesmo a água e a luz.

As dificuldades orçamentais resultam de atrasos na aprovação de um reforço de quatro milhões de euros, que continua a aguardar luz verde no Ministério das Finanças.
pub