"Ramalho Eanes, o Último General" é lançado esta terça-feira

| Política
Ramalho Eanes, o Último General é lançado esta terça-feira

Um Ramalho Eanes ternurento sobressai da biografia autorizada, mas não participada, que a jornalista Isabel Tavares escreveu. São mais de 180 horas de conversas que incluem o biografado, amigos e opositores.

Presidente durante 10 anos, inspirou o PRD o único partido que censurou um governo que caiu, Ramalho Eanes aparece nesta biografia também como um homem de afectos, até ternurento, é o adjectivo utilizado pela autora,

Na conversa com a jornalista Maria Flor Pedroso, Isabel Tavares explica que novidades podemos conhecer nesta biografia autorizada, com participação do biografado, que, no entanto, não quis ler previamente o que Isabel Tavares passou ao papel.

São conversas com amigos e opositores do homem que foi o rosto determinante do 25 de Novembro, do PRD, que foi 10 anos Presidente da República, o primeiro eleito, e responsável, na RTP, pela contratação de um dos quadros cómicos mais relevantes da comédia portuguesa: o Sr. Feliz e o Sr. Contente.

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.