Rui Rio assume-se como "melhor candidato a primeiro-ministro"

| Política
Rui Rio assume-se como melhor candidato a primeiro-ministro

A ver: Rui Rio assume-se como "melhor candidato a primeiro-ministro"

Foi a resposta do novo líder dos social-democratas a Assunção Cristas. No final do congresso do CDS, Rui Rio assumiu-se como o "melhor candidato a primeiro-ministro".

"Eu serei o melhor candidato a primeiro-ministro não só que a doutora Assunção Cristas, como que o doutor António Costa", afirmou.

Para o presidente do PSD, "o importante é conseguir nas eleições de 2019 uma vitória que possibilite alterar a forma como o país tem sido governado".

"Esse é que é o nosso ponto fundamental: chegar a 2019 e estar em condições de ganhar as eleições legislativas, se depois for necessária uma coligação, seguramente que cá estaremos para isso", assegurou.

Rui Rio rejeitou que as declarações de Assunção Cristas, de que o CDS-PP é a única escolha a quem não se revê na atual governação, sejam uma declaração de guerra.

"Já viu se a líder do CDS-PP viesse dizer que não estava apta a governar? Tem naturalmente de dizer, tem de cumprir o seu foco", afirmou.

Ainda assim, Rui Rio admitiu que os dois partidos são "evidentemente adversários", partidos distintos que "no passado já fizeram muitas coisas juntos por Portugal", quer no Governo quer nas autarquias, e rejeitou que haja alguma aproximação do PSD ao PS.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.