Santana Lopes defende que "todos devem ter o seu seguro de saúde"

| Política

O presidente da Aliança, Pedro Santana Lopes, defendeu hoje a generalização dos seguros de saúde para todos os portugueses, considerando "insustentável que só os ricos possam aceder ao sistema privado".

"Todos devem ter o seu seguro de saúde", defendeu o líder da Aliança no encerramento do I Congresso do partido, que decorreu em Évora.

Pedro Santana Lopes recordou que cerca de metade dos portugueses não têm sequer rendimentos que lhe permitam pagar IRS, pelo que no acesso aos seguros de saúde "precisam de ser apoiados".

É preciso "mudar a estrutura de financiamento do Serviço Nacional de Saúde", acentuou o presidente da Aliança e ex-primeiro-ministro, concluindo: O SNS, assim como está, não dá".

"Temos de generalizar os seguros de saúde", preconizou, numa altura em que os partidos políticos debatem no parlamento a lei de bases da saúdem concluindo que "é insustentável que só os ricos possam escolher entre o serviçe público e o serviço privado de saúde".

Tópicos:

Aliança Santana,

A informação mais vista

+ Em Foco

Milícias separatistas apoiadas e armadas pelos Emirados Árabes Unidos tomaram a capital do sul, reforçando a sua posição face aos antigos aliados sauditas.

    Dois anos depois do grande incêndio de Pedrógão, a floresta continua por ordenar e o Governo conta com pelo menos uma década para introduzir as mudanças necessárias.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.