"São os baixos salários que estão a sustentar a Economia" diz Passos

| Política
São os baixos salários que estão a sustentar a Economia diz Passos

A ver: "São os baixos salários que estão a sustentar a Economia" diz Passos

O líder do PSD afirmou no festa do PSD no Pontal, Algarve, que afinal o Governo não conseguiu salários que trouxessem rendimentos elevados, pelo contrário e isso apesar da conjuntura muito favorável.

Depois de sublinhar os resultados positivos que a Economia portuguesa tem vindo a registar, que se têm vindo a registar "desde 2013", Passos Coelho achou "curioso" que "quem está no Governo sempre fez questão de sublinhar que os novos salários pudessem trazer rendimentos mais elevados".

Diziam que o país precisava de um "modelo económico que não estivesse atentos em baixos salários", lembrou Passos Coelho.

"E o que é que nós vemos? Que quase ao mesmo tempo que saem os números do desemprego saem os dados do INE que mostram que cada vez mais é maior a parcela dos que ganham o salário mínimo em Portugal", referiu o líder social democrata.

"Felizmente o turismo tem sustentado uma recuperação mais forte do emprego mas infelizmente nós não temos conseguido que esse emprego possa ter mais rendimento do que aquele que havia antes".

Isso "é algo que o Governo não sabe explicar", que "afinal são os baixos salários que estão a sustentar a Economia", referiu.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, o candidato derrotado nas diretas do PSD diz que o partido deve serenar após o Congresso e admite que vai ser “muito difícil ganhar eleições" no quadro atual.

Nicolás Maduro quer alargar poderes e, para tal, leva a cabo eleições antecipadas. É um "golpe constitucional", na leitura de Filipe Vasconcelos Romão, comentador da Antena 1.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.