Ostberg e Neuville com o melhor tempo na superespecial de Lousada

| Rali de Portugal

Ogier também cá está
|

O norueguês Mads Ostberg (Ford Fiesta) e o belga Thierry Neuville (Hyundai i20) dividiram esta quinta-feira o melhor tempo na superespecial de abertura do Rali de Portugal, sexta prova do campeonato do mundo, disputada em Lousada.

Ostberg e Neuville, que venceu os últimos dois ralis da temporada, repartem a liderança da prova, após concluírem os primeiros 3,36 quilómetros cronometrados em 2.26,6 minutos, menos uma décima de segundo do que o neozelandês Hayden Paddon (Hyundai i20), terceiro.

O francês Sébastien Ogier (Ford Fiesta), tetracampeão do mundo e líder do Mundial, alcançou o sexto tempo, ao gastar mais 0,7 segundos do que a dupla de primeiros classificados, enquanto o norte-irlandês Kris Meeke (Citroën C3), que defende o título na terra lusa, não foi além do 10.º lugar na superespecial, a dois segundos.

Na sexta-feira, a 51.ª edição do Rali de Portugal prossegue com oito classificativas, no Alto Minho, onde os pilotos vão percorrer duas vezes os renovados troços cronometrados de Viana do Castelo (26,7 km), Caminha (18,1 km) e Ponte de Lima (27,46 km), antes da `Braga Street Stage` (1,9 km), ao início da noite.

 Rali de Portugal: Classificação


1. Mads Ostberg/Ola Floene, Nor (Ford Fiesta), 2.36,6 minutos

. Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul, Bel (Hyundai i20), m.t.

3. Hayden Paddon/John Kennard, Nzl (Hyundai i20), a 0,1 segundos.

4. Elfyn Evans/Craig Parry, GB (Ford Fiesta), a 0,4.

5. Dani Sordo/Marc Marti, Esp (Hyundai i20), a 0,5.

6. Sébastien Ogier/Julien Ingrassia, Fra (Ford Fiesta), a 0,7.

7. Stéphane Lefebvre/Gabin Moreu, Fra (Citroën C3), a 1,5.

. Jari-Matti Latvala/Mikka Antilla, Fin (Toyota Yaris), m.t.

9. Juho Hanninen/Kaj Lindstrom, Fin (Toyota Yaris), a 1,9.

10. Kris Meeke/Paul Nagle, GB/Irl (Citroën C3), a 2.

Tópicos:

Hayden Paddon Hyundai, Lima, Lousada Lousada, Lousada Ostberg, Street Stage, Thierry Neuville Hyundai,

Pesquise por: Hayden Paddon Hyundai, Lima, Lousada Lousada, Lousada Ostberg, Street Stage, Thierry Neuville Hyundai,

A informação mais vista

+ Em Foco

O editor de Política Internacional da RTP, Ricardo Alexandre, comentou a sentença do antigo general sérvio-bósnio.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.