Rali de Portugal: Ott Tänak lidera após nove classificativas

| Rali de Portugal

O estónio é o 12.º classificado do Mundial de pilotos
|

O estónio Ott Tänak (Ford Fiesta) lidera a 51.ª edição do Rali de Portugal, sexta prova do campeonato do mundo, após nove classificativas, oito das quais disputadas sexta-feira no Minho.

O 12.º classificado do Mundial de pilotos assumiu a liderança da prova após a sexta especial, a segunda no troço de Caminha, e segurou-a em Ponte de Lima e nas duas passagens pela 'Braga Street Stage', terminando o dia com 4,6 segundos sobre o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20).

O francês Sébastien Ogier (Ford Fiesta) segue na terceira posição da classificação, a cinco segundos do seu companheiro de equipa, após um dia marcado pela desistência do norte-irlandês Kris Meeke (Citroën C3), na sétima especial, em Ponte de Lima, onde perderam tempo o neozelandês Hayden Paddon e o finlandês Jari-Mati Latvala (Toyota Yaris), que provocou também o atraso do belga Thierry Neuville (Hyundai i20).

No sábado, a partir das 09:08, os pilotos enfrentam seis especiais de classificação, casos do renovado percurso de Vieira do Minho (22,47 km), o regressado de Cabeceiras de Basto (22,30 km), que estreia a parte final, e o tradicional troço de Amarante (37,55 km).



Classificação


1. Ott Tänak/Raigo Molder, Est (Ford Fiesta), 01:37.18,5 horas

2. Dani Sordo/Marc Marti, Esp (Hyundai i20), a 4,6 segundos.

3. Sébastien Ogier/Julien Ingrassia, Fra (Ford Fiesta), a 5.

4. Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul, Bel (Hyundai i20), a 11,1.

5. Craig Breen/Scott Martin, Irl/GB (Citroën C3), a 12,9.

6. Elfyn Evans/Craig Parry, GB (Ford Fiesta), a 18,3.

7. Juho Hanninen/Kaj Lindstrom, Fin (Toyota Yaris), a 52.

8. Esapekka Lappi/Janne Ferm, Fin (Toyota Yaris), a 1.12,3 minutos.

9. Andreas Mikkelsen/Anders Jaeger Synneyaag, Nor (Skoda Fabia R5), a 3.17,8.

10. Mads Ostberg/Ola Floene, Nor (Ford Fiesta), a 3.50.

(...)

22. Miguel Campos/António Costa, Por (Skoda Fabia R5), a 9.43,9.

26. Pedro Meireles/Mário Castro, Por (Skoda Fabia R5), a 12.06,3.

32. Joaquim Alves/Luís Ramalho, Por (Ford Fiesta R5), a 20.27,3.


A informação mais vista

+ Em Foco

Houve aldeias ceifadas e vidas destruídas. O medo viveu ao lado de histórias de heroísmo. Contamos as estórias que agora preenchem dezenas de aldeias esquecidas, muitas pintadas a cinza.

    O incêndio de Pedrógão Grande provocou a morte de 64 pessoas e deixou mais de 200 pessoas feridas. Revisitamos os últimos dias com fotografias e imagens aéreas captadas com recurso a um drone.

      É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

      Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.