Visita de Borrell a Moscovo levantou críticas no Parlamento Europeu

por RTP

Reuters

O chefe da diplomacia da União Europeia deslocou-se à Rússia para apelar à libertação de Alexei Navalny. A visita foi altamente criticada por vários eurodeputados.

“Quis saber se as autoridades da Rússia estão interessadas em inverter a deterioração das nossas relações”, justificou Josep Borrell no Parlamento Europeu.

Vários eurodeputados de diferentes quadrantes concordaram em apelidar a visita de “desastrosa”.

“Lamentamos que não tenha tido a coragem de enfrentar olhos nos olhos as posições inaceitáveis do senhor Lavrov”, disse Paulo Rangel.

“Nunca parecemos tão fracos e ignorantes”, reforçou a eurodeputada belga Hilde Vautmans.
pub