Desemprego no Reino Unido cai para 3,9% e fixa-se no nível mais baixo desde 1975

por Lusa

A taxa de desemprego no Reino Unido desceu para 3,9% no trimestre entre novembro e janeiro, menos uma décima que no trimestre anterior e o valor mais baixo desde 1975, foi hoje anunciado.

Segundo dados hoje divulgados pela Office for National Statistics (ONS), o desemprego desceu no trimestre entre novembro e janeiro para 1,34 milhões, menos 35.000 que no trimestre precedente e menos 112.000 pessoas do que no mesmo trimestre do ano anterior.

O emprego aumentou para 32,7 milhões, mais 222.000 face ao trimestre anterior e equivalente a uma taxa de 76,1%, a mais alta desde que se começaram a fazer registos em 1971, adiantou a ONS em comunicado.

Nos 12 meses terminados em janeiro, os salários médios dos trabalhadores aumentaram 3,4% e o número de vagas de emprego para 854.000.

O número de pessoas consideradas economicamente inativas, que não trabalham nem procuram emprego, desceu para 8,5 milhões nos três meses entre novembro e janeiro, menos 117.000 cidadãos que no trimestre anterior, e representativa de 21% da população ativa, um mínimo de sempre.

"A taxa de desemprego alcançou um novo número recorde, enquanto a proporção de pessoas que não estão a trabalhar ou procurar emprego está em mínimos", sublinhou o chefe do departamento de estatística da ONS, Matt Hughes.

"A taxa de desemprego caiu também para níveis abaixo dos 4% pela primeira vez desde o início de 1975", adiantou.

Tópicos