Enfermeiros iniciaram greve de seis dias

| Saúde
Enfermeiros iniciaram greve de seis dias

Os enfermeiros começaram à meia-noite uma greve de seis dias não consecutivos.

Estes profissionais da saúde exigem do Governo a apresentação de uma nova proposta sobre a carreira de enfermagem. As negociações deviam ter terminado em junho.

O Governo adiou para sexta-feira a reunião que estava agendada para o passado dia 4 de outubro.

O presidente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, José Carlos Martins, explica que se for encontrada uma solução dia 12, a greve pode não ser totalmente cumprida e evoca asa razões desta paralisação.

Hoje a paralisação realiza-se apenas nos blocos operatórios e quinta-feira a greve é em todo o Serviço Nacional de Saúde.

A paralisação repete-se na próxima semana nos dias 17, 18 e 19.

Para dia 19 de outubro está marcada uma manifestação em frente ao Ministério da Saúde, em Lisboa.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    Em entrevista exclusiva à RTP, Flávio, um dos filhos de Jair Bolsonaro, afirmou que o candidato do PT Fernando Haddad devia juntar-se a Lula da Silva.

    Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

      Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.