Enfermeiros iniciaram greve de seis dias

| Saúde
Enfermeiros iniciaram greve de seis dias

Os enfermeiros começaram à meia-noite uma greve de seis dias não consecutivos.

Estes profissionais da saúde exigem do Governo a apresentação de uma nova proposta sobre a carreira de enfermagem. As negociações deviam ter terminado em junho.

O Governo adiou para sexta-feira a reunião que estava agendada para o passado dia 4 de outubro.

O presidente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, José Carlos Martins, explica que se for encontrada uma solução dia 12, a greve pode não ser totalmente cumprida e evoca asa razões desta paralisação.

Hoje a paralisação realiza-se apenas nos blocos operatórios e quinta-feira a greve é em todo o Serviço Nacional de Saúde.

A paralisação repete-se na próxima semana nos dias 17, 18 e 19.

Para dia 19 de outubro está marcada uma manifestação em frente ao Ministério da Saúde, em Lisboa.

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistada no Telejornal, a ministra da Saúde admitiu que reunir o consenso do PSD "não foi algo que tenha passado pelas preocupações do Governo".

A fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda continua a ser a maior dor de cabeça interna de Theresa May.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.