Saúde. Morte de células cerebrais poderá beneficiar doentes com Alzheimer

por RTP

Um estudo do Centro Champalimaud revelou que a morte de células cerebrais pode ser benéfica para os doentes com Alzheimer.

Através da utilização de moscas da fruta, os investigadores concluíram que a morte das células afetadas pelo Alzheimer pode ajudar os pacientes.

Na experiência, as moscas voltaram a conseguir formar memórias e a mexer-se com maior destreza.

A médica neurologista, Isabel Henriques, foi a convidada do Bom Dia Portugal, onde explicou os objetivos deste estudo e as aplicações futuras.
pub