Sporting. Madeira Rodrigues: "Tenho medo que o poder caia na rua"

por Antena 1

O ex-candidato á presidência do Sporting, Pedro Madeira Rodrigues, vê com pessimismo o futuro imediato do Sporting, como revela na Antena 1, na sequência da eliminação da Taça de Portugal perante o Alverca, equipa do terceiro escalão do futebol português.

O Sporting foi eliminado da Taça de Portugal, da qual era o detentor do troféu, ao perder por 2-0 frente ao Alverca, segundo classificado da Série D do Campeonato de Portugal.

Madeira Rodrigues, em declarações ao jornalista Alexandre Afonso, admite que foi difícil para todos os sportinguistas acordar esta sexta-feira e desabafa: “Nunca pensei que se chegasse a um ponto tão baixo… tenho medo que o poder caia na rua e apareça outro Bruno de Carvalho”.

O conhecido sportinguista considera que “os jogadores fazem o que podem mas falta liderança”.

Em defesa dos futebolistas acrescenta: “Silas chuta para os jogadores. Varandas diz-se envergonhado e passa-lhes as culpas”.

O antigo candidato a presidente faz uma ressalva para dizer: “Nunca vi este plantel treinado por um grande treinador. Há desequilíbrios é verdade mas as exibições deixam-nos estarrecidos”.

A concluir o seu raciocínio Pedro Madeira Rodrigues recusa atirar a toalha ao chão e frisa: “A pressão excessiva não ajuda mas uma equipa como o Sporting tem de saber viver com a pressão. O plantel custou 60 milhões e não aceito o estatuto de menoridade”.

Sobre a hipótese de se voltar a candidatar à presidência foi claro: Acho que já fiz o que tinha a fazer”.