Sporting e FC Porto ensaiam meia-final da Taça

| Taça de Portugal

Alvalade não deverá encher para o Sporting-FC Porto
|

Sporting e FC Porto jogam, quarta-feira, a partir das 20h30, no Estádio José Alvalade, o jogo da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, em futebol. No primeiro desafio os “dragões” venceram por 1-0.

As duas equipas realizam esta terça-feira a última sessão de trabalho de forma a preparar o jogo que dá acesso à final do Jamor.

A equipa leonina vive uma fase conturbada motivada por uma arreliadora onda de lesões.

O defesa-central André Pinto está em dúvida. Mathieu e William Carvalho dificilmente recuperarão. De fora estão também Bruno César, Rafael Leão e Podence.

Neste quadro Coates poderá ser o único central disponível. Petrovic é o mais forte candidato a fazer dupla com o uruguaio.

A única novidade positiva é a integração de Piccini que recuperou de uma entorse no joelho esquerdo e vai a jogo no lado direito da defesa.

A equipa leonina treina em Alcochete. Ao início da tarde o treinador Jorge Jesus faz o lançamento da partida em conferência de imprensa.
"Dragões" quase a 100 por cento
Os “dragões” voltam a treinar-se na manhã desta terça-feira e no final da tarde, 17h30, o técnico Sérgio Conceição irá antever a partida frente aos “leões”.

A equipa está instalada em Tróia onde prepara o embate de quarta-feira.

A única baixa é Danilo.

O clássico não deverá registar casa cheia. Para já estão vendidos 30 mil bilhetes. Ainda disponíveis estão os ingressos que têm preços entre os 10 e 22 euros para sócios e, 20 e 27 euros para o público em geral.

Também esta quarta-feira se realiza o outro jogo da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal entre Caldas e Aves, com início marcado para as 18h30, no Campo da Mata. Na 1.ª mão os avenses venceram por 1-0.

A informação mais vista

+ Em Foco

A revelação foi feita durante uma entrevista exclusiva à RTP à margem da cimeira de CPLP, que decorreu esta semana em Cabo Verde.

Em entrevista à RTP, Graça Machel revela que o grande segredo de Nelson Mandela era fazer sentir a cada pessoa com quem falava que era a mais importante.

O economista guineense Carlos Lopes, em entrevista à RTP, considera que a Europa tem discutido as migrações e outras questões africanas, sem consultar os africanos.

    Apesar da legislação contra estas situações, os Estados Unidos são dos países que mais importam produtos em risco de serem produzidos através de trabalhos forçados.