Taça Davis: João Sousa dá vantagem a Portugal no primeiro encontro de singulares

| Ténis

|

O tenista português João Sousa venceu hoje o primeiro encontro de singulares entre Portugal e Ucrânia da primeira eliminatória do ‘play off' do Grupo I da Zona Europa/África da Taça Davis, em Bucha, na Ucrânia.

João Sousa, 49.º do ‘ranking’ mundial ATP, colocou Portugal em vantagem no duelo com os ucranianos, ao bater Illya Marchenko, antigo top-50 e atual 337.º ATP, por 4-6, 6-2 e 6-3.

Ainda hoje, no piso rápido do Campa Tennis Club, o segundo encontro de singulares será disputado por Pedro Sousa, número dois português e 144.º ATP, e o número um ucraniano, Sergiy Stakhovsky (142.º), que em julho se impôs a João Sousa na primeira ronda de Wimbledon.

Depois de ter sido beneficiada com um ‘bye’ na primeira ronda e ter cedido perante a Suécia (3-2), na segunda jornada em abril, Portugal disputa agora com a Ucrânia a permanência no Grupo I da Zona Europa/África.

A equipa vencedora garante automaticamente a permanência no Grupo I, enquanto a seleção derrotada terá ainda mais uma ronda de ‘play off', diante da África do Sul, para tentar evitar a descida de Divisão.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.